OFÍCIO do [governador e capitão-general de Angola], António de Vasconcelos, ao [secretário de estado da Marinha e Ultramar], Francisco Xavier de Mendonça Furtado, sobre o aviso do juiz de fora [João Delgado Xavier] acerca de uma conjuração de degredados que planeavam matar o governador, os oficiais da Companhia de Granadeiros, os ministros e os oficiais da tropa, abrir o quartel, o calabouço e o trem, saquear a cidade e embarcar na galera da Companhia de Pernambuco; explicando que atraíra à cidade os confederados que assistiam na obra do forte de São Filipe, prendendo esses e todos os que constavam num rol encontrado na casa do cabecilha [José Álvares de Oliveira]; explicando que o juiz de fora dera início à devassa do caso por ter sido ele o primeiro a saber do caso, por ser da sua jurisdição e por ter prendido o chefe; tendo sido nomeado deputado da Junta criminal o coronel, João Monteiro de Morais, para escrever a devassa; referindo a interferência do ouvidor [-geral, Francisco José Pereira Barbosa], pedindo ordens para que as relações do Reino, da Bahia e do Rio de Janeiro não remetessem para ali mais degredados de pena vil e viessem casais das ilhas dos Açores para povoar a cidade que quase não tinha gente.

Description level
File File
Reference code
PT/AHU/CU/001/0049/04500
Title type
Atribuído
Date range
1763-02-12 Date is certain to 1763-02-12 Date is certain
Descriptive dates
em São Paulo da Assunção, presumivelmente de Luanda
Dimension and support
papel
Documental tradition
Original
Physical location
AHU_CU_ANGOLA, Cx. 49, D. 4500
Previous location
AHU-Angola, cx. 46, doc. 17, 9, 16 e 18; cx. 47, doc. 49.
Language of the material
português
Location of originals
AHU
Notes
Anexo: ofício, ofícios (cópias) e certidões (cópias).
Creation date
10/30/2018 2:09:43 PM
Last modification
10/30/2018 2:14:19 PM