Available services

OFÍCIO do [governador e capitão-general de Angola] D. Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho, ao [secretário de estado da Marinha e Ultramar], Francisco Xavier de Mendonça Furtado a enviar um caixote de pedra verde, descoberta no morro de Bende, a oito léguas do presídio de Encoje, terras de um vassalo rebelde do rei do Congo; referindo que a mesma era chamada pelos naturais de pedra unguento e usada para fins medicinais e que os missionários a usavam para extrair uma tinta aplicada na pintura das suas igrejas, solicitando que se fizesse experiências pois estava persuadido que a mesma teria outras qualidades, como o cobre, podendo ser um ramo de comércio dada a sua abundância; referindo ainda a existência naquela região de outros minérios como o ouro que os naturais comercializavam no presídio de Encoje, e prata cuja descoberta já era conhecida havia muitos anos, havendo pequenas obras de igreja e os naturais usarem manilhas e argolas, e o dembo Ambuíla a trabalha por ferreiros e vende a recato dos brancos; tecendo considerações acerca das riquezas existentes e da necessidade de as explorar uma vez que considerava que os naturais não se interessavam por preguiça; referindo a conquista de Novo Redondo e os objectivos alcançados ao dificultar a presença e pirataria de estrangeiros.

Description level
File File
Reference code
PT/AHU/CU/001/0054/04961
Title type
Atribuído
Date range
1769-12-04 Date is certain to 1769-12-04 Date is certain
Descriptive dates
em São Paulo da Assunção, presumivelmente de Luanda
Dimension and support
papel
Documental tradition
Original
Physical location
AHU_CU_ANGOLA, Cx. 54, D. 4961
Previous location
AHU-Angola, cx. 53, doc. 81
Language of the material
português
Location of originals
AHU
Notes
Obs.: Francisco Xavier de Mendonça Furtado morre em 1769, Novembro, 15.
Creation date
10/30/2018 2:12:45 PM
Last modification
10/4/2023 5:30:19 PM